segunda-feira, abril 17, 2006

Insónias II

 

E elas atacam novamente. É a segunda vez que me dá disto aqui na Suécia, mas desta vez a coisa não deriva de saudades de casa (embora elas sejam muitas). Independentemente do motivo, hoje voltei a juntar-me aos insoníferos anónimos e, tal como da outra vez, a vitima vai voltar a ser um quadro de mais um pintor italiano do Renascimento.

O desgraçado desta noite sem olho que se pregue ou João Pestana que trabalhe é Sandro Botticelli e o seu quadro a Anunciação... Isto dito assim até parece que estou a anunciar qualquer coisa numa passagem de modelos: na passerele número um, Botticelli com a sua senhora de virgindade anunciada em óleo de tons escuros e moldura em dourado...



Maria está no quarto quando o anjo entra pela janela.

Anjo: Minha senhora...
Maria: Qu'ééé isto? Quem é você?
Anjo: Venho trazer-lhe uma boa nova...
Maria: E entra-se-me assim pelo quarto a dentro sem mais nem menos, homem de Deus?
Anjo: Em verdade diz que sou de Deus, nosso Senhor!
Maria: Pois, de Deus somos todos filhos, mas calma aí que pela janela entra cada qual no seu quarto!
Anjo: Mas eu trago-lhe uma boa nova!
Maria: Também o meu marido vai ter das boas e das novas p'ra lhe contar, vai...
Anjo: (ajoelhado) Eu trago-lhe uma benção do...
Maria: Xô, p'ra trás! Não me toque que você tem asas e pode ter gripe das aves!
Anjo: Mas..
Maria: Nem mas, nem meio mas: tem asas, logo é arraçado de pássaro! Eu vejo a TVI todos os dias, sim?
Anjo: Mas eu sou um anjo do Senhor!
Maria: Olha-me este, olha-me este! E eu vou engravidar virgem, não?

2 Comments:

Blogger papoilasaltitante disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLL
Impagáveis as tuas insónias...heheheh
Bjs

6:27 da tarde  
Anonymous JT disse...

Ideias para um novo filme?

"A saga de Maria Papoila!"

12:48 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home